o espírito de liberdade (como diz o carlos arrumador quando vê a dança)

vou sair para o mercado,sigo para rota e microbaile! tenhoaprendido muito com este pedras: o encontro entre os miudos e graudos da escola da madalena e os velhos e novos do centro de dia no largo da rosa trouxe uma força que tenho que lançar no ar por aqui! esse espírito de liberdade que o carlos e outras pessoas vão falando quando estão connosco vive mesmo em cada umaum. o nicolai ou a rita ou o nelson não se comportam como “crianças” em abstrato nem a lurdes ou a ilda ou o alexandre aparecem como “”idosos” em abstrato—nem o largo da severa ou o tony loretti ou a lídia da travessa do cotovelo ou a professora elda ou os artistas ou os habitantes ou—a capacidade de deixar crescer a confiança de seres quem és escutando quem vai sendo contigo—-seja árvore, seja gente, seja rua, seja bicho—cria um outro corpo que não negoceia liberdade.a frase de sartre que repetimos por aí e que abriu tantas janelas e portas(a nossa liberdade acaba onde começa a do outro) urge agora abrir-se e deixar passar a ventania onde as liberdades não começam e acabam como uma dança que avança e recua—este outro corpo que sinto pulsando é um corpo que escuta—que co-existe—não tenho que me calar para te ouvir—confio e danço—

quando a mariseti que nunca filmou na vida entrevista a dona piedade que nem sabia que ela morava ali atrás porque não sai de casa alinha-se uma possibilidade que permite aparecer a matéria à luz. isso não é aprender? criar?escutar?

até já

sofia

até já

Sobre pedras2012

O Pedras d'Água é uma iniciativa do c-e-m centro em movimento (Lisboa -Portugal). Esta plataforma on line é um espaço para compartilhar a trajetória de todo o Programa Pedras d'Água '12, transitando entre documentações, imagens, escritos e outras formas que contemplamos para irmos levantando voo até planar sobre as criações e comunicações artísticas e outros acontecimentos que tomam corpo no Festival Pedras d'Água. em Julho próximo.