deitadas na rua do bemformoso

querida rosa, feliz com a neta ao peito. nunca pensei deitar-me aqui na rua e olha que já vi muita coisa. deixe-se estar aí que está bem, diz a velhota lá de cima da janela. a diana adormeceu tranquila enroscada sobre a toalha que o lyncoln tinha estendido ali pelo meio da rua em obras suspensas por momentos. o helder vai terminando o trabalho de português sobre o “memorial do convento” do saramago, margarida escreve, ali o gonçalo e o ibon conversam, a cristina abraça a barriga já tão grande…anais fotografa o céu. cansados e cheios de poeira depois de mais um dia de percurso pela cidade atravessando paisagens, acolhendo suspiros, dançando, escutando. ainda vem aí o ajuntamento a discutir educação, ainda gostava de estar com a unipop a pensar comunismo ao fim do dia, mas agora abre-se um espaço de espaço entre. porque se questiona se uma mãe prostituta pode ou não ter os filhos com ela? porque não se pensa se essa pessoa é mãe, seja quem ela seja? quem somos nós para julgar os outros, com certeza aquilo que me parece muito bem vai parecer muito mal a outra pessoa. conheço muitas mulheres que se prostituem e que gostam muito do seu trabalho, porque não? desde que tenham escolha…querida rosa. grande coração. pelo meio do caos que este lugar de lisboa sempre é, pelo meio dos escombros das obras, por entre os gritos de injustiça, dos dedos moralistas, das ideias de como as coisas deveriam ser,uma liquidez terna se abre nestes corpos poisados bem no meio da rua do bemformoso, um momento que muito dificilmente se poderá repetir. obrigada.
sofia

Sobre pedras2012

O Pedras d'Água é uma iniciativa do c-e-m centro em movimento (Lisboa -Portugal). Esta plataforma on line é um espaço para compartilhar a trajetória de todo o Programa Pedras d'Água '12, transitando entre documentações, imagens, escritos e outras formas que contemplamos para irmos levantando voo até planar sobre as criações e comunicações artísticas e outros acontecimentos que tomam corpo no Festival Pedras d'Água. em Julho próximo.