brincar

risca a rua e joga a macaca, abre a corda e começa a saltar, faz uma bola com lenços e atira-a pelo ar. o convite a brincar explode qualquer ideia sobre o que deveria estar a acontecer, irrompe como erva por entre as pedras e faz-se presente sem porques nem paras. sexta feira passada, vínhamos terminando a rota e começando o ajuntamento/conversas para nada. estava muito boa disposição e calmaria por entre nós, o gonçalo sentado no banco frente à severa olhava para a corda de saltar toda entramelada em nós. entre desfazer o entramelamento e já estar um grupo de pessoas de qualquer idade e vontade a saltar na rua não faço ideia o que aconteceu…talvez um portal tipo espaço 1999, mister scott beam me up, num nano segundo a mancha reconfigurou o espaço e fez-se brincadeira. um senhor alto mais velho, daquelas pessoas que terá crescido depressa demais e que ainda hoje olha para o alinhamento dos joelhos como um grande mistério, mergulhou a direito na corda, caiu, entortou as pernas, pô-las de novo no lugar e voltou para a fila de aventureiros. rir, brincar, não pedir licença para tocar, mão na mão, pancadas nas costas, gargalhadas selvagens.

sofia

Sobre pedras2012

O Pedras d'Água é uma iniciativa do c-e-m centro em movimento (Lisboa -Portugal). Esta plataforma on line é um espaço para compartilhar a trajetória de todo o Programa Pedras d'Água '12, transitando entre documentações, imagens, escritos e outras formas que contemplamos para irmos levantando voo até planar sobre as criações e comunicações artísticas e outros acontecimentos que tomam corpo no Festival Pedras d'Água. em Julho próximo.