Obrigada…

Tenho notado que me encontro com alguma frequência na situação de estar agradecida… por nada muitas vezes que possa dizer realmente “obrigada por esta situação, ou por me estar a acontecer isto ou aquilo”, é mais um agradecimento pelo sabor do momento… porque pude desfrutar do momento no momento, e então agradeço no momento pelo momento que percebo momento… nem por ser bom nem por ter alguma qualidade notável… há alguns anos que me percebo que venho fazendo isto… reconheci como um sinal de estar conectada com o mundo, de priorizar outras coisas para além da alegria e da dor, da necessidade ou da satisfação… mas então aconteceu algo brutal que mudou a minha vida para sempre, e eu pensei: com certeza não foi por falta de agradecer o que tinha, de desconsiderar o que me tem possibilitado existir… embora muitas vezes não esteja a pensar no que isso é de facto, claro… mas pensei que o que me estava a acontecer não seria por um desconsiderar o que não conheço… dou por mim a não conseguir evitar de tentar perceber porque é que um acto que sinto genuíno não foi recompensado… ao mesmo tempo que tenho a certeza que não há nada para perceber… e quanto mais a convicção de que não há nada para perceber me assola, mais vou vislumbrando que talvez não seja tanto sobre agradecer, mas mais sobre a capacidade de estar agradecida… nesse sentido ela foi reforçada… cada vez mais me apanho agradecida… encontrar-me agradecida pelo momento reconhecido é apanhar-me confiando que não é sobre agradecer alguma coisa para que possa merecer essa coisa… as coisas são muito maiores do que eu para poderem ficar comigo ainda que eu as mereça… estar agradecida é uma coisa incrível que me acontece, vida acontecendo em mim… talvez a própria experiência de que sou maior do que eu para poder ficar comigo, ainda que vá desconfiando de quem sou… o corpo que não é só biológico tecendo-se… criando a possibilidade de existir com a fisicalidade necessária a este universo… acho que é isso que experimento quando me sinto agradecida…
margarida

Sobre pedras2012

O Pedras d'Água é uma iniciativa do c-e-m centro em movimento (Lisboa -Portugal). Esta plataforma on line é um espaço para compartilhar a trajetória de todo o Programa Pedras d'Água '12, transitando entre documentações, imagens, escritos e outras formas que contemplamos para irmos levantando voo até planar sobre as criações e comunicações artísticas e outros acontecimentos que tomam corpo no Festival Pedras d'Água. em Julho próximo.