no café do joão, junto ao não chafariz do benformoso

conversa puxa conversa .bom dia joão! olá sofia! está bem disposto hoje? eu estou sempre fino! até sou muito mais brincalhão do que pareço! a dona lurdes quer dois galões que um é para o segundo pequeno almoço do marido. a outra ao lado diz que me ouviu cantar lá em cima e que é uma beleza a cantoria. claro que não é preciso mais para começar uma fiada de canções, até a igreja de santo estevão do fernando maurício. ao balcão bebe-se café com brandy ou outra pinga boa, corta-se o queque ao meio com um facalhão e, no rodopio do entra e sai, não há quem não entre na conversa. misturam-se as linguagens e os gestos e cabemos todos lá dentro do cafézinho ao lado do não chafariz do benformoso.
esta rapariga também é muito bonita, não desfazendo. é espanhola, chama-se áfrika e tem olhos de chinesa. quer um bolinho? só se foi você que fez.
“desculpe mas paga 23% de iva ao fisco”. que lindo quadro tem aqui ao lado da casa de banho, ó joão. é mesmo um belo lugar para uma lembrança destas. ainda se o fisco viesse cá lavar as retretes…23 aqui, 23 ali, é um rapaz que não ganha mal, esse fisco!
então e aquele ali com as fotografias de todos com bigode menos um? isso era o meu grupo de amigos “os reis”. fazíamos um euro milhões e quando tínhamos algum juntado íamos de passeio com as famílias.
mas divertíamo-nos muito. às vezes íamos aos velórios, era cá uma coisa! e conheciam o morto? nem sempre. às vezes também fazíamos passeios sem as famílias. joão não sejas malandro!
então e o negócio aqui com as obras? isso é que está muito mal feito. disseram-nos que iam abrir a rua e já não vão, não deixam passar aqui o trânsito e nós é que ficamos mal porque vem muito menos gente. podiam dizer ao menos o que é que está a acontecer. podiam abrir a rua outra vez!
quem se lixa é sempre o mesmo!
sofia, sofia, venha cá que já me lembrei da música que me tinha desaparecido há bocadinho. oh! mulher! mas tu cantas com a boca cheia de bolo! não faz mal, ninguém está a filmar isto.
canta e ri com a boca cheia de bolo.
o joão também ri lá por detrás do balcão. está mal, mas a risota encontra sempre maneira.
tem dias….
sofia

Sobre pedras2012

O Pedras d'Água é uma iniciativa do c-e-m centro em movimento (Lisboa -Portugal). Esta plataforma on line é um espaço para compartilhar a trajetória de todo o Programa Pedras d'Água '12, transitando entre documentações, imagens, escritos e outras formas que contemplamos para irmos levantando voo até planar sobre as criações e comunicações artísticas e outros acontecimentos que tomam corpo no Festival Pedras d'Água. em Julho próximo.