ajuntamento 22 na rua da mouraria e o jôjô, o camará e o vati

às 5 debaixo do toldo da “canções e lendas”, semi resguardados da chuva.a erika e a avó já passaram mais cedo. parecemos pardais sentados lado a lado a olhar para o ar, ajuntados para nada. lá vêm os 3 saltaricos, jôjô, camará e vati. venham pr’aqui enquanto chove tão grosso. jôjô está muito orgulhoso dos pingos de chuva redondos espalhados pelo cabelo, é que nem escorrem! ficam assim feito pérolas. risotas e beijinhos e abraços. a mão do vati está muito magra e fria, não me parece que passe ali muita comidinha boa. hoje na escola estivemos a aprender lendas. pausa. foi muito bonito. pausa. mas o que é lendas? talvez histórias que passam de avós em avós e que são verdade, mentira, magia e milagre. conto-te a história de um rato queres? eu quero, claro. sei que o rato morre no fim porque se engasgou dentro da sopa a pedir ajuda, não sei se é o fim da história ou o fim do rato porque já passámos a desenhos e assinaturas no meu caderno, já o gonçalo e a margarida rodopiam na calçada e a senhora chinesa vem dizer outra vez à afrika que não se encoste ao poster da moda, não parece zangada, é só para não nos esquecermos do poster que ele amachuca-se. gosto das tuas luvas. se quiseres dou-tas, tenho outras, mas só se tiveres o carinho de gostar muito delas que elas estão acostumadas com serem gostadas. mas são luvas de menina. mmmmm elas a mim não me disseram isso. então e se eu quiser dá-las de volta como é que te encontro? como me encontras sempre, por aqui na rua. pois é. vamos agora que não chove tanto, deixa só passar a minha prima senão ela vai fazer queixa à minha mãe de estarmos aqui à chuva. eu gosto da chuva.vão correndo, as pernas do camará estão ficando cada vez mais rodadas para dentro mmmmmm, saltaricos! são tão bonitos estes rapazes. chega a marta e senta-se na carreirinha de pardais. a clara levanta-se e começa a deslizar entre o apoio de uma perna e a outra. aparece-me uma fotografia que tirei com os olhos hoje de manhã na rota: um saco plástico muito grande todo enrugado sobre si próprio pontilhado de gotas de chuva, a luz prateada. as pérolas no cabelo do jôjô.
sofia
a foto de entrada é de uma amiga minha que não quis deixar o nome…só a foto

Sobre pedras2012

O Pedras d'Água é uma iniciativa do c-e-m centro em movimento (Lisboa -Portugal). Esta plataforma on line é um espaço para compartilhar a trajetória de todo o Programa Pedras d'Água '12, transitando entre documentações, imagens, escritos e outras formas que contemplamos para irmos levantando voo até planar sobre as criações e comunicações artísticas e outros acontecimentos que tomam corpo no Festival Pedras d'Água. em Julho próximo.